Descubra como criar um bom programa de rádio e atrair mais ouvintes

As evoluções tecnológicas também afetaram os meios de comunicação. Com isso, os diferentes tipos de veículos precisaram se adaptar à nova realidade — com o rádio não foi diferente.

Por tal razão, e pela necessidade de estar sempre acompanhando as inovações, quem trabalha com esse meio precisa manter-se antenado às novidades e às inúmeras maneiras de atrair e preservar sua audiência.

Neste artigo, separamos algumas dicas para a criação de um bom programa de rádio, além de sugestões estratégicas que poderão lhe ajudar a atrair um público ainda maior. Acompanhe!

Escolha bem o público e a temática a ser abordada

O universo do rádio é amplo. Além disso, tem um grande potencial na captação de ouvintes das diferentes classes da sociedade. Isso porque, para interagir com as mensagens emitidas pelo meio é preciso apenas ouvir.

Ele está, praticamente, em quase todos os lugares e a fácil acessibilidade permite um extenso alcance populacional. No entanto, quando pensar em criar o seu próprio programa, é necessário atentar para a escolha correta do público.

Defina sua temática e invista em boas discussões sobre os temas escolhidos. Realize entrevistas e promoções atraentes, porém evite excesso de publicidade. Agregue boas pautas a um direcionamento alinhado às características do público-alvo.

Essa são medidas estratégicas com grandes chances de resultados positivos.

Organize e planeje seu programa de rádio

Não há dúvidas que para produzir um conteúdo de qualidade será primordial um bom planejamento. A organização do seu projeto é um fator essencial, assim como a definição de alguns recursos a serem utilizados tanto nas áreas técnicas quanto nas administrativas.

O equilíbrio entre uma programação gravada e ao vivo, por exemplo, é uma decisão importante a ser tomada e aplicada na gestão do programa. Afinal, eles vão implicar investimentos e, consequentemente, limitações do seu orçamento financeiro.

Leia também:  Migração AM/FM: prazo para lote residual começa em junho

Pense na sua equipe de acordo com o perfil da programação da rádio. Lembre-se que os apresentadores precisam estar literalmente sintonizados com os ouvintes — eles serão os intermediários e os porta-vozes dessa relação diária.

Seja qual for a linguagem ou o gênero do seu veículo, mantenha a objetividade, a clareza e a brevidade. São princípios fundamentais do perfil radiofônico e devem estar presentes em todo o processo de criação e na elaboração das suas mensagens.

Experimente, mas também inove

Bom, depois de algumas sugestões é possível que esteja pensando em mil possibilidades ou, talvez, ainda possa ter dúvidas sobre como e por onde começar.

Tenha Calma! Todo esse receio é comum e não significa que você deva continuar no mesmo lugar. Portanto, experimentar é um caminho para conseguir encontrar as melhores ideias e os ajustes adequados.

Desse modo, promova um diálogo frequente com sua audiência. Ouça quem mais contribui para o seu desenvolvimento e estimule constantes mudanças. Vale lembrar que a experimentação não consiste somente na variação dos assuntos, ela é uma maneira de responder ao feedback dado pelos ouvintes.

E então, achou o conteúdo interessante? Está se sentindo mais familiarizado e estimulado a começar o seu programa de rádio?

Esperamos que nosso texto tenha lhe ajudado com informações interessantes e facilmente aplicáveis. Agora, é hora de dar um start naqueles planos que estão só no papel.

Mas se quiser saber mais sobre o assunto, leia nosso artigo sobre como identificar o perfil dos ouvintes da sua rádio.

Comentários

Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua há mais de 4 anos no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa com mais de 20 anos produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.

Deixe uma resposta