Saiba tudo sobre a tecnologia streaming

Já ouviu falar em tecnologia streaming? Para quem não sabe direito do que se trata, é a transmissão em tempo real de conteúdo audiovisual na internet. Por meio dela, o espectador ou ouvinte podem assistir a vídeos ou ouvir áudios (músicas, podcasts, rádios) sem precisar fazer download dos arquivos.

Essa tecnologia é fundamental para o rádio, pois a coloca em meio a um público cada vez mais amplo — o da internet e dos dispositivos mobile. Neste post, daremos informações fresquinhas sobre essa incrível ferramenta. Acompanhe!

Entenda como a tecnologia streaming é importante para as rádios

As rádios podem expandir seu campo de alcance junto ao público com a tecnologia streaming. Por meio dela, as rádios poderão ser ouvidas, em tempo real, nos dispositivos mobile, computadores ou qualquer outro dispositivo conectado.

Atualmente, as taxas de compressão utilizadas são de 64 Kbps e 128Kbps. Essas são as “resoluções” do áudio que será transmitido. Dessa forma, a qualidade de som dependerá da qualidade do sinal da internet do ouvinte.

A transmissão, no entanto, dá-se em tempo real, com baixíssima latência (atraso do som), o que possibilita, inclusive, a participação de ouvintes ao vivo.

Para o dono de rádio, transmitir sua programação na internet é uma forma interessante de modernizar e garantir a sobrevivência de seu empreendimento por longos anos.

Conheça a história da tecnologia streaming

No ano de 1985, foi feita a primeira transmissão, em áudio mono, com qualidade baixíssima, mas o sucesso foi imediato, já que o download não era necessário — lembre-se que baixar arquivos era bem mais demorado na época.

Já na década de 90, o software Real Player possibilitou uma melhora da qualidade do áudio transmitido via streaming. Um marco desse avanço foi a transmissão do show Live@nd Concert, em Nova Iorque, no ano de 1996.

Leia também:  Entenda por que investir na automatização de processos na sua rádio

Pouco tempo depois, surgem as primeiras transmissões de vídeo por streaming. Em 1997, surgiu o Real Video, da Progressive Network, que possibilitou a primeira transmissão ao vivo em áudio e vídeo de um jogo de futebol americano.

A Microsoft entrou nesse ramo comprando o Real Player e lançando posteriormente o Windows Media Player como sua plataforma de streaming.

Atualmente, temos o Youtube, que tem sido, desde 2005, um fenômeno mundial, além das plataformas de streaming de música como Spotify, Deezer, entre outras.

Conheça as rádios brasileiras que investem em streaming

Um exemplo de destaque entre as empresas de rádio que transmitem sua programação via streaming é a Jovem Pan. Essa rádio faz, inclusive, transmissões via streaming de áudio e vídeo do programa Pânico na Rádio, cujas entrevistas alcançam centenas de milhares de visualizações no Youtube.

Além dessa, grandes emissoras de rádio como a Transamérica, a Rádio Rock e a 94Fm transmitem sua programação também por streaming.

Saiba como implantar streaming em sua rádio

Não é necessária uma licença especial para fazer streaming de sua rádio, pois a Anatel não regulamenta essa tecnologia. Outra vantagem é que sua internet precisa ser apenas estável, não precisa de uma largura de banda tão grande — um pacote de 5 Mbps já possibilita transmissão em 128kbps sem cortes.

Como equipamento, é necessário apenas um computador, com o software para a transmissão streaming, para capturar a saída de áudio da mesa de som. Você pode transmitir o conteúdo no site de sua radio, 24 horas por dia.

Então, você gostou deste texto sobre a tecnologia streaming? Aproveite a visita ao nosso blog para assinar também nossa newsletter. Assim, você não perde nossas atualizações!

Comentários

Posted in:
Sobre o autor

Bruno Faria

Publicitário por formação, atua há mais de 4 anos no setor de Marketing da Teletronix, uma empresa com mais de 20 anos produzindo equipamentos para emissoras de rádio e TV.

Deixe uma resposta